Enviando...

5.8k visualizações

Terça, 16 de outubro de 2018 por Redação BoaDiversão

Festival do Rio 2018 divulga seleção de filmes brasileiros

Evento acontece de 1 a 11 de novembro e conta com 84 obras nacionais

  • compartilhar

  • whatsapp Google+

Foto: Divulgação 

 

Festival de cinema reúne diversidade de obras criativas produzidas ao redor do globo

De 1 a 11 de novembro o Rio da Janeiro se torna a capital mundial do cinema. O Festival do Rio 2018, que se dedica a reunir produções plurais e criativas feitas ao redor do mundo, chega à 20ª edição e anuncia as seleções nacionais desse ano. Ao todo são 84 obras brasileiras, sendo 64 longas e 20 curtas que tratam de diversos temas e estão distribuídos em diferentes mostras.

A mais aguardada é a mostra competitiva Première Brasil, que inclui 48 longas e 20 curtas. Nela, o público elege o melhor filme das categorias de documentário, ficção e curta, e o júri oficial escolhe as demais. O festival inclui ainda outras mostras como a Retratos, Novos Rumos, Panorama, Midnight, Première Latina, Expectativa 2018 e clássicos.

O evento faz ainda uma homenagem ao cineasta Nelson Pereira dos Santos, que faleceu esse ano, apresentando suas duas primeiras obras, Rio 40 Graus e Rio Zona Norte. A exibição de o Grande Circo Místico, de Carlos Diegues, encerra o evento. A programação em breve será divulgada, mas a lista das obras nacionais selecionadas já foi anunciada. Confira:

 

Selecionados Première Brasil + Filmes brasileiros em outras mostras

LONGAS em MOSTRAS COMPETITIVAS

Competição Principal Ficção (Fiction)

1. A Sombra do Pai (The Father's Shadow), de Gabriela Amaral Almeida, 92 min – SP

2. A Terra Negra dos Kawa (Kawa), de Sérgio Andrade, 99 min – AM

3. Azougue Nazaré (Azougue Nazaré), de Tiago Melo, 82 min – PE

4. Chuva é Cantoria na Aldeia dos Mortos (The Dead and the Others), de João Salaviza e Renée Nader Messora, 113 min – MG

5. Deslembro (Unremember), de Flavia Castro, 93 min - RJ

6. Domingo (Domingo), de Clara Linhart e Fellipe Barbosa, 95 min – RJ

7. Morto Não Fala (The Nightshifter), de Dennison Ramalho, 110 min - RS

8. Nóis por Nóis (Us by Us), de Aly Muritiba e Jandir Santin, 100 min - PR

9. Tinta Bruta (Hard Paint), de Marcio Reolon e Filipe Matzembacher, 117 min – RS

 

Competição Principal Documentário (Documentary)

1. Clementina (Clementina), de Ana Rieper, 75 min - RJ

2. Eleições (Elections), de Alice Riff, 80 min - SP

3. Gilda Brasileiro - Contra O Esquecimento (Gilda Brasileiro - Against Oblivion), de Roberto Manhães Reis e Viola Scheuerer, 90 min - ES

4. Meu Nome é Daniel (My Name is Daniel), de Daniel Gonçalves, 83 min - RJ

5. Relatos do Front (Stories From The Frontline), de Renato Martins, 105 min - RJ

6. Torre das Donzelas (Maiden’s Tower), de Susanna Lira, 92 min – RJ


Competição Novos Rumos

1. El Último País (The Last Country), de Gretel Marín Palacio, DOC, 70 min – GO

2. Ilha (Island), de Ary Rosa e Glenda Nicácio, FIC, 96 min – BA

3. Inferninho (My Own Private Hell), de Pedro Diogenes e Guto Parente, FIC, 72 min – CE

4. Luna (Luna), de Cris Azzi, FIC, 89 min - MG

5. Mormaço (Sultry), de Marina Meliande, FIC, 96 min – RJ

6. Para’i (Para’i), de Vinicius Toro, FIC, 82 min – SP

7. Sócrates (Sócrates), de Alex Moratto, FIC, 70 min - SP

CURTAS em MOSTRAS COMPETITIVAS (COMPETITION SECTIONS)


Competição Principal

1. A Retirada para um Coração Bruto (The Last Song for a Rude Heart), de Marco Antônio Pereira, FIC, 14 min – MG

2. À Tona (Surfacing), de Daniella Cronemberger, DOC, 15 min, DF

3. Antes que o Tempo me Esqueça (Before Time Forget Me),de Leo Goodgod e Paulo Rodrigues, FIC, 13 min, MG

4. Boi (Awake Nights), de Lucas Bettim e Renan Carvalho, FIC, 13 min – SP

5. Gopi (Gopi), de Viviane D’Avilla e Paulo Dimantas, DOC, 15 min - RJ

6. Mais Triste que Chuva num Recreio de Colégio (Sadder than Playtime on a Rainy Day), de Lobo Mauro, DOC, 14 min – RJ

7. Nomes que Importam (Names that Matter), de Muriel Alves e Angela Donini, DOC, 15 min - RJ

8. O Órfão (The Orphan), de Carolina Markowicz, FIC, 15 min – SP

9. Preciso Dizer que te Amo (I Have to Say I Love You), de Ariel Nobre, DOC, 13 min SP

10. Princesa Morta do Jacuí (Dead Princess of Jacuí), de Marcela Ilha Bordin, FIC, 15 min – RS

11. Universo Preto Paralelo (Black Parallel Universe), de Rubens Passaro, DOC, 12 min - SP

12. Você não me Conhece (You don’t know me), de Rodrigo Séllos, DOC, 14 min - RJ

 

Competição Novos Rumos

1. Cadelas (Cadelas), de Rita Toledo, FIC, 22 min – RJ

2. Cascudos (Tough Kids), de Igor Barradas, FIC, 18 min - RJ

3. Invasão Drag (Drag Invasion), de Rafael Ribeiro, DOC, 13 min - RJ

4. Jéssika (Jéssika), de Galba Gogóia, FIC, 19 min - RJ

5. Lembra (Remember), de Leonardo Martinelli, FIC, 10 min – RJ

6. Sempre Verei Cores no seu Cinza (I’ll Always See Colors in Your Gray), de Anabela Roque, DOC, 18 min – RJ

7. Vigia (Night Watch), de João Victor Borges, FIC, 24 min – RJ

 

LONGAS em MOSTRAS NÃO COMPETITIVAS

Premiere Brasil HORS CONCOURS

Ficção

1. A Voz do Silêncio (Quietness), de André Ristum, 98 min - SP

2. Aconteceu na Quarta-Feira (Stage Devil), de Domingos Oliveira, 70 min – RJ

3. Cine Holliudy 2 – A Chibata Sideral (Cine Holliudy 2), de Halder Gomes, 100 min – CE

4. Correndo Atrás (Running After), de Jeferson De, 86 min – RJ

5. Diamantino (Diamantino), de Gabriel Abrantes, Daniel Schmidt, 96 min - RJ

6. Intimidade Entre Estranhos (The Intimacy of Strangers), de José Alvarenga Jr., 111 min – RJ

7. Los Silencios (Los Silencios), de Beatriz Seigner, 89 min – SP

8. Rasga Coração (Rend Your Heart), de Jorge Furtado, 113 min – RS

9. Sequestro Relâmpago (Express Kidnapping), de Tata Amaral, 79 min - SP

10. Simonal (Simonal),deLeandro Domingues, 105 min – RJ

11. Sueño Florianópolis (Sueño Florianópolis), deAna Katz, 107 min – SP

12. Uma Noite Não É Nada (Uma Noite Não É Nada), de Alain Fresnot, FIC - SP


Documentário

1. Amazônia, o Despertar da Florestania (Amazon, the Awakening of Florestania), de Christiane Torloni e Miguel Przewodowski, 111 min - RJ

2. Excelentíssimos (Lower House), de Douglas Duarte, 152 min - RJ

3. Humberto Mauro (Humberto Mauro), de André Di Mauro, 90 min - RJ

4. THF: Aeroporto Central (Central Airport: THF), de Karim Ainouz, 97 min – SP

Curta

1. O Mundo é Redondo Para Ninguém se Esconder Nos Cantos – Parte I: Refúgio (The world is round so that nobody can hide in the corners – Part I: Refuge), de Leandro Goddinho, DOC, 10 min

2. Pura Mensagem (Pure Message), de Tamur Aimara e Paulo China, 15 min - RJ

 

Premiere Brasil RETRATOS

1. A Turma do Pererê.DOC (PERERE.DOC) de Ricardo Favilla, 77 min - RJ

2. Angel Viana – Voando Com os Pés no Chão (Angel Viana Grounded in Flight) de Cristina Leal, 88 min – RJ

3. Carvana (Carvana), de Lulu Corrêa, 104 min – RJ

4. Filme Ensaio (Rehearsal Film), de Maria Flor, 72 min – RJ

5. Marcia Haydée (Marcia Haydée) de Daniela Kallmann, 80 min – RJ

6. Meu Samba É Meu Dom (Samba Is My Gift), de Cristiano Abud, 93 min – MG

7. Paulo Casé (Paulo Casé), de Paula Fiuza, 70 min - RJ

8. Rindo à Toa: Humor sem limites (Laughing out loud: Humor and Democracy), de Cláudio Manoel, Alvaro Campos e Alê Braga, 102 min - RJ

9. Tá Rindo de Quê? (What are you laughing at? Humor and Dictatorship in Brazil), de Cláudio Manoel, Alvaro Campos e Alê Braga, 95 min – RJ

10. Rogéria, Senhor Astolfo Barroso Pinto (Rogéria Mr. Astolfo Barroso Pinto), de Pedro Gui, 82 min - RJ

11. Zuza Homem de Jazz (Zuza The Man of Jazz), de Janaina Dalri, 72 min - RJ

 

Première Latina

1. Família Submersa (Família Submergida), de María Alché, FIC, 91 min (Argentina, Brasil, Alemanha, Noruega)

2. Happy Hour (Happy Hour), de Eduardo Albergaria, FIC, 104 min (Brasil, Argentina)

3. La Cama (The Bed), de Mónica Lairana, FIC, 90 min (Brasil, Argentina, Holanda, Alemanha)

4. Rojo (Rojo), de Benjamin Naishtat, FIC, 109 min (Argentina, Brasil, França, Alemanha, Holanda)

5. Tarde Para Morir Joven (Too Late To Die Young), de Dominga Sotomayor, FIC, 110 min (Chile, Brasil, Argentina, Holanda, Qatar)

 

Expectativa


1. Palace II - 3 Quartos com Vista para o Mar (Palace II), de Rafael Machado e Gabriel Corrêa e Castro, DOC, 80 min – RJ

2. Pedro e Inês (The Dead Queen), de António Ferreira, FIC, 120 min (Portugal, Brasil, França)

PANORAMA


1. Cano Serrado (2 Gauge Highways), de Erik de Castro, FIC, 87 min - RJ

2. O Olho e a Faca (The Eye and the Knife), de Paulo Sacramento, FIC, 99 min – SP

 

Midnight


1. Personas Humanas (Humanpersons), de Frank Spano, FIC, (Panamá, Brasil, Espanha)

 

Midnight Docs

1. Amazônia Groove (Amazônia Groove), de Bruno Murtinho, DOC, 78 min – RJ

2. The Cleaners (The Cleaners), de Hans Block, Moritz Riesewieck, DOC, 95 min (Alemanha, Brasil)

 

Clássicos e Cults

1. Central do Brasil (Central Station), de Walter Salles, FIC, 105 min (Brasil, França)

2. Pixote: A Lei do Mais Fraco (Pixote), de Hector Babenco, FIC, 128 min – SP

3. Rio 40 Graus, Nelson Pereira dos Santos, FIC, 100 min - 1955

4. Rio Zona Norte, Nelson Pereira dos Santos, FIC, 90 min 1957

 

Filme de Encerramento

1. O Grande Circo Místico (The Great Mystical Circus), de Carlos Diegues, FIC, 106 min (Brasil, Portugal, França)

 


PREMIÈRE BRASIL PREMIAÇÃO

TROFÉU REDENTOR - A escolha dos premiados será realizada pelo Júri Oficial, composto por especialistas na arte cinematográfica (entre brasileiros e estrangeiros), convidados pela direção do Festival do Rio.

- Prêmio Petrobrás de Cinema -Mostra Competitiva:

1. Melhor Longa-Metragem de Ficção;
2. Melhor Longa-Metragem Documentário;

3. Melhor Curta-Metragem;

4. Melhor Direção de Ficção;

5. Melhor Direção de Documentário

6. Melhor Ator;

7. Melhor Atriz;

8. Melhor Atriz Coadjuvante;

9. Melhor Ator Coadjuvante;

10. Melhor Roteiro;

11. Melhor Montagem;

12. Melhor Fotografia;

13. Prêmio Especial do Júri;

14. Melhor Longa-Metragem de Ficção de Voto Popular;

15. Melhor Longa-Metragem Documentário de Voto Popular;

16. Melhor Curta-Metragem de Voto Popular.

Mostra Novos Rumos:

1. Melhor Filme Longa-metragem

2. Melhor Filme Curta-metragem

3. Prêmio Especial do Júri

  • compartilhar

  • whatsapp Google+
Notícias relacionadas » veja mais notícias
fotos e vídeos relacionados

Opinião dos usuários (0)

    Mais recentes
    • Marcelo Camargo:

      rio anos 80

    • Marcelo Camargo:

      farah festas...maravilhoso...na joatinga; vista , tipo de música, decoração, alimentação, boa companhia ( MARAVILHOSO )
      comer milho no bar bem em são conrado.....
      comer milho no bar “pot” em são conrado...
      ir nos motéis: Tokyo, Playboy, Xa Xa Xa, Barra tourist, Skorpios, Dunas, Marbella, Vip’s, King’s,
      Escort, Praia Linda, Verlaine no centro ( esse tinha que subir de elevador, e quando o elevador estava cheio ?....kkkk )
      Convés, Náu catrineta, Tarantella, Farol da barra, Oswaldo
      dancin days no morro da urca....
      ir num pub londrino em botafogo, rua bambina, não lembro mais o nome.....
      boate new York city rua visconde de pirajá.....
      um karaokê que ficava na josé linhares esq de humberto de campos, perto da selva de pedra.....
      comer pizza do bela blu do leme....
      comer pizza numa pizzaria na rua dos jangadeiros, esqueci o nome
      comer founde no le chalet suisse na xavier da Silveira...
      comer no maxim’s na torre do rio sul...
      loja de doce, não lembro o nome na visconde silva – Humaitá
      bob’s da constante ramos, azulejo preto....
      la mole da dias ferreira.....
      restaurante japonês, putz não lembro o nome, ficava na av Sernambetiba, logo no início do recreio, no meio do mato e da junto à lagoa...
      cine rian.....
      importadoras na galeria Menescal, camiseta da adidas, rosa com 03 listas azuis no ombro.
      chico’s bar, piano bar anexo do castelo da lagoa.....maravilhoso......!!!!
      pizzaria guanabara, massa relativamente doce....uma delícia
      boate castel / Palace Club, no posto 6 no lobby do hotel....eu era sócio lá....rsrs
      bar da lagoa, maravilhoso.......fácil conhecer alguém lá...!!
      chaika em frente ao itanhangá
      boate calígula, no início da prudente de morais.....
      quem estava procurando alguém.......barril 1800, castelinho, um bar que não lembro o nome, na esquina da vieira souto com farme de amoedo; não acredito, esqueci o nome daquele bar na delfim moreira esquina de rainha guilhermina.
      num destes 04 voce “arrumava” alguém....rsrsrs.
      Comprar pipa em Copacabana
      Ir na sorveteria “Zero” em Copacabana
      Beco das garrafas no lido
      Namorar dentro do carro no arpoador, tranquilo, sem bandidos
      Comer sanduiche submarino no gordon do Leblon.
      Fazer uma “média” na farmácia Piauí no Leblon....a primeira e única 24 horas da época
      Comer salgados na cirandinha – av Copacabana
      Sorvete ricco
      Comprar roupa na loja da tavares na avenida copacabana

    • gustavo :

      vendo 1 ingresso ainda me chamem no whatsapp 31 988899277 meia premium 120

    • gustavo :

      vendo 1 ingresso premium meia 140

    • Rodrigo Gomes:

      Os garçons agem de má fé cobrando bebidas a mais, errando no troco e sequer dão comprovante fiscal. Péssima experiência, nunca mais volto!! E NÃO RECOMENDO!

    • lara prestes:

      Pedro Coelho é um filme muito divertido e obviamente como a maioria dos filmes animados tem uma mensagem muito linda, não se sei se você teve chance de ver. Quero vê-la novamente e aqui: https://br.hbomax.tv/movie/TTL617492/Pedro-Coelho encontrei os horários nos quais será transmitida. Juro que vale muito a pena ver porque apesar de que é uma historia feita completamente para crianças, sente que esta muito bem adequada para que qualquer membro da família possa ver e ficar encantado com a história. Super indico